Fratus bate Cielo e faz melhor marca do ano nos 50 m livre

Atleta do Pinheiros liderou as eliminatórias da prova no Troféu Maria Lenk com o tempo de 21s70. Final será nesta noite

iG São Paulo |

Satiro Sodré/AGIF
Bruno Fratus liderou as eliminatórias e fez o melhor tempo do ano nos 50 m livre
Bruno Fratus superou Cesar Cielo e ainda estabeleceu a melhor marca do ano nos 50 m livre na manhã desta quarta-feira, no Troféu Maria Lenk , no Rio de Janeiro. O nadador do Pinheiros completou a eliminatória da prova em 21s70 e avançou em primeiro para a final. Cielo, campeão olímpico e recordista mundial, estreou no torneio com o segundo tempo, com 21s78.

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

Fratus deixou para trás também o tempo do australiano James Magnussen, que havia marcado 21s74 na seletiva australiana para as Olimpíadas de Londres e era o destaque no ano. Fratus, Cielo e Magnussen estão classificados para os Jogos.

Leia também: 'Míssil' espera tirar sono de rivais e ameaça Cielo em Londres

O francês Frederick Bousquet, que disputa o Maria Lenk convidado pelo Pinheiros, também ficou na casa dos 21s, com o tempo de 21s93. Apesar do bom desempenho no Rio de Janeiro, Bousquet fracassou na tentativa de índice e não vai para Londres

Entre as mulheres nos 50 m livre a dona do melhor tempo das eliminatórias foi Jeanette Ottesen Gray, atleta convidada pelo Corinthians, com 24s98. Flávia Delarolli, do Pinheiros, foi a melhor brasileira na prova, com 25s38.

Fratus x Cielo já virou duelo antigo

Satiro Sodré/AGIF
Cesar Cielo (centro) ficou com o segundo melhor tempo nas eliminatórias e tem a terceira marca do ano nos 50 m livre

A briga entre Bruno Fratus e Cesar Cielo já é comum nas piscinas. No Sul-Americano, por exemplo, Fratus também levou a melhor nas eliminatórias, mas viu Cielo vencer a prova que valia medalha nos 50 m livre. O mesmo aconteceu no Campeonato Mundial em Xangai, em 2011. Fratus liderou a semifinal , mas Cielo acabou com o bicampeonato mundial .

Outras provas no Maria Lenk

O segundo dia do Troféu Maria Lenk de natação começou com as eliminatórias dos 200 m medley. No feminino, quem avançou para a final com o melhor tempo foi Mireya Belmonte, do Flamengo, com 2min18s38. Joanna Maranhão, recordista sul-americana e brasileira da prova ficou em segundo, com 2min19s74.

Na prova masculina dos 200m medley o destaque foi Thiago Pereira, do Corinthians, com o tempo de 1min59s45. A marca ainda é acima do seu recorde sul-americano (1min55s55), mas o garante na raia quatro na decisão, o melhor lugar na piscina.

Nos 100 m borboleta, Kaio Márcio, do Fluminense (52s42), e Daynara de Paula, do Flamengo (59s13), avançaram para a decisão na lideranaça.

As finais do Troféu Maria Lenk começam às 19h (horário de Brasília).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG