Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Glauber Silva atinge índice olímpico e fica perto de Londres

Nadador superou a marca mínima, mas ainda aguarda o final da Tentativa Olímpica para comemorar presença nos Jogos

Gazeta |

Na última oportunidade de conseguir a vaga para as Olimpíadas de Londres 2012, na manhã deste sábado, o nadador Glauber Silva não decepcionou e, com o tempo de 52s24, conseguiu superar o índice olímpico do 100m borboleta (52s33). A marca foi cravada na penúltima etapa da Tentativa Olímpica de Natação, evento disputado no Parque Aquático Maria Lenk.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Agora, o nadador ocupa a segunda vaga da prova com Kaio Márcio Almeida, que fez 52s11 na decisão do Troféu Maria Lenk, em 2011. Apesar de ter atingido o índice com um bom tempo, Glauber Silva ainda precisa aguardar os resultados da última etapa para ver se vai mesmo aos Jogos.

Foto: Divulgação O nadador Gláuber Silva, do Minas Tênis, alcançou o índice nos 100 m borboleta e está perto da vaga olímpica

O atleta do Minas Tênis Clube dedicou a conquista ao seu pai, José Cirilo, que está na UTI após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). "Depois de duas semanas a tensão estava bem maior. Eu bati na trave aqui no Maria Lenk. Ganhei a prova, mas ficou aquele gostinho de 13 centésimos. Estou muito feliz. Dedico isso aqui ao meu pai", disse Glauber.

Fique por dentro do que rola na natação no blog de Rogério Romero

"A gente tá sofrendo com isso, mas ele é meu ídolo, foi ele quem me incentivou a estar aqui e dedico isso tudo a ele. Estou aqui com meu técnico, minha filha (Manuela) também mora aqui. Foi uma batalha", prosseguiu o nadador do clube mineiro. "Meu pai teve um AVC uma semana antes do Maria Lenk. Para estar aqui foi uma luta. Dedico essa vaga pra ele. Agora tirei um peso, mas ainda não acabou. Tem a etapa da tarde, mas vou tentar baixar e garantir a vaga".

Veja também: Flávia Delaroli não vai para Londres e anuncia aposentadoria

Na disputa dos 100m livre, Tatiana Lemos fez o tempo de 56s21, longe dos 54s57 que precisava. No masculino, João de Lucca foi o destaque, com 49s78. Fabíola Molina, do Minas Tênis, cravou 59s68 no cronômetro, mas ainda precisa superar a marca de 58s70 para conseguir índice nos 100m borboleta.

Nos 200m costas, Leonardo Fim conseguiu 2min03s19 e está bem longe dos 1min58s48 necessários. Todos os nadadores terão nova oportunidade às 17h deste sábado.

A CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) divulga oficialmente a lista de atletas que vão compor a delegação do Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres na próxima sexta-feira, às 11h.

 

Leia tudo sobre: nataçãobrasilgláuber silva100 m borboletalondres 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG