Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Nadadores brasileiros são pegos no exame antidoping, diz jornal

Segundo a Folha de S. Paulo, Flávia Delaroli e Glauber Silva serão julgados na terça; Pinheiros, clube de Delaroli, diz que não foi notificado. Pamela Souza, do Corinthians, também teve exame positivo

iG São Paulo * | - Atualizada às

Os nadadores Glauber Silva e Flávia Delaroli testaram positivo em exame antidoping, segundo informou a edição desta sexta-feira do jornal Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, a notícia foi confirmada por Sandra Soldan, que faz parte do controle antidoping da CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquático), e o julgamento dos dois será realizado na terça-feira.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Divulgação
Flavia Delaroli foi flagrada no exame antidoping

A diretora médica da CBDA, ex-atleta olímpica do triatlo, confirmou mais tarde um terceiro caso positivo: o de Pamela Souza, do Corinthians, que tem 16 anos. Tanta ela quanto Flavia Delaroli competiram pela última vez no Troféu Maria Lenk, realizado em maio. Na ocasião, Pamela venceu os 200 m peito, enquanto Delari terminou em terceiro luar, nos 50 m livre. 

Sandra Soldan, no entanto, não informou as substâncias encontradas nos exames e nem os campeonatos onde ambos foram flagrados. Por meio da assessoria de imprensa, o Pinheiros disse que Delaroli não recebeu uma notificação da CBDA, assim como a própria agremiação. O Minas Tênis Clube, defendido por Glauber Silva, preferiu não se pronunciar por enquanto.

Leia mais: Após vaga de Glauber Silva, natação brasileira terá 18 atletas em Londres

Soldan adiantou que os atletas serão ouvidos na terça-feira, quando apresentarão as suas defesas. No mesmo dia haverá uma definição sobre a punição ou não de ambos. Delaroli, uma das principais atletas da natação feminina brasileira, não conseguiu a classificação para as Olimpíadas e anunciou a aposentadoria para o fim do ano. Situação diferente da de Glauber Silva, que garantiu vaga em Londres nos 100m borboleta, durante a penúltima etapa da Tentativa Olímpica, em maio.

Divulgação
Glauber Silva conseguiu índice olímpico para as Olimpíadas de Londres na prova dos 100 m borboleta


CBDA não confirma nomes

No final da noite desta sexta-feira, a CBDA confirmou que vai instituir um painel na próxima semana para discutir possíveis punições aos nadadores. O presidente da entidade, Coaracy Nunes, confirmou os três casos flagrados no antidoping e que na próxima terça-feira será realizado um painel na entidade para que os atletas possam apresentar sua defesa. Mas Nunes preferiu não confirmar os nomes de Glauber Silva, Flávia Delaroli e Pamela Souza, que acabaram sendo divulgados pela imprensa ao longo do dia.

Veja ainda: Flávia Delaroli não vai para Londres e anuncia aposentadoria

Já é o segundo ano consecutivo que é registrado um caso de doping com nadadores olímpicos do país. Na temporada passada, o astro Cesar Cielo, Henrique Barbosa, Nicholas Santos e Vinícius Waked testaram positivo para o diurético furosemida. Com exceção de Waked, suspenso por um ano, todos levaram apenas uma advertência. Fabíola Molina foi outra atleta flagrada, mas voltou a tempo de conquistar um lugar em Londres.

* Com Agência Estado

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG