Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Troféu Brasil de Atletismo fecha equipe que vai às Olimpíadas

Competição que começa nesta quarta-feira é a última chance para obtenção de índice; tem até atleta sem poder competir torcendo para garantir a vaga

Ana Carolina Cordovano -  especial para o iG |

Divulgação
Franciela Krasucki fez parte da equipe do 4x100, ouro no Pan

A pista de atletismo do complexo desportivo do Ibirapuera, em São Paulo, será palco de momentos de muita emoção, a partir desta quarta-feira. Serão cinco dias de disputa do Troféu Brasil de Atletismo, última chance para obtenção de índice para as Olimpíadas de Londres

Até quem não poderá competir ficará de olho na competição. É o caso da velocista Franciela Krasucki, que só saberá se fará parte da equipe do revezamento 4x100 m em Londres se ninguém ultrapassar o seu melhor tempo nos 100 m rasos em 2012, os 11s35, feito em abril.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Franciela voltou a treinar na semana passada, depois de ficar um mês se recuperando de um estiramento na coxa direita. “Seria arriscado eu competir no Troféu Brasil. Por isso, vou ficar de longe, torcendo para ninguém correr os 100 m abaixo dos 11s35”, explicou a atleta de Valinhos.

A definição das cinco velocistas – quatro titulares e uma reserva – que formarão a equipe nas Olimpíadas se dará da seguinte forma: as três melhores ranqueadas nos 100 m e as duas primeiras dos 200 m. Franciela tem o terceiro melhor tempo dos 100 m. Rosângela Santos, classificada para disputar a prova nas Olimpíadas, fez 11s21, e Ana Cláudia Silva, garantida nos 200 m, tem 11s30 nos 100 m. 

Leia também: Incansável, Elisângela Adriano quer encerrar a carreira em Londres

A disputa será acirrada. Pelo menos cinco atletas estão na briga: Evelyn Santos (11s36), Tamiris de Liz (11s48), Juliana Moreira (11s52), Vanda Gomes (11s55) e Lucimar Moura (11s56). Nos 200 m, o melhor tempo é de Evelyn, com 22s99. Geisa Coutinho tem 23s23, mesmo tempo de Ana Cláudia. Vanda é a quarta melhor nos 200 m, com 23s55. A prova dos 100 m feminino no Troféu Brasil será na quinta-feira. As eliminatórias da versão masculina abrem a competição, nesta quarta, às 14h30.

O revezamento feminino e também o masculino são candidatos a brigar por medalhas em Londres. Há quatro anos, em Pequim, as duas equipes terminaram na quarta colocação. O masculino já trouxe duas medalhas olímpicas – prata em Sydney 2000 e bronze em Atlanta 1996.

Equipe grande

Até o momento o atletismo brasileiro tem 23 atletas classificados, sem contar as vagas de revezamento. Nos Jogos de Pequim, a equipe foi formada por 23 homens e 22 mulheres. O país conquistou um medalha, o ouro no salto em distância com Maurren Maggi, que por já estar classificada para as Olimpíadas, decidiu não disputar o Troféu Brasil. Fabiana Murer, do salto com vara, também não competirá em São Paulo. A atleta, também já classificada, está treinando na Itália.

Além dos 100 m masculino, o primeiro dia do Troféu Brasil terá as seguintes provas: lançamento do martelo masculino e feminino (qualificatória), salto triplo feminino (qualificatória), 1.500 m masculino (semifinal), 10.000 m feminino e masculino (final), e salto em distância masculino (qualificatória).

Leia tudo sobre: Londres 2012atletismobrasilFranciela Krasucki

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG