Treinador do Egito chama Neymar de exibicionista e atacante rebate

Para Hany Ramzy, craque santista “ainda é jovem e ainda vai aprender”

Pedro Carvalho - enviado a Cardiff | - Atualizada às

EFE
Neymar deixa zagueiro para trás e comanda ataque na vitória contra o Egito

O ex-jogador e atual técnico do Egito, Hany Ramzy, fez críticas a Neymar após a partida contra o Egito . “Todos sabem que é uma grande estrela, mas acho que ele precisa jogar mais para o time, às vezes ele joga apenas para se exibir. Se ele jogar mais para o time será mais positivo”, disse o treinador. “Mas ele ainda é jovem e vai aprender”.

O atacante santista contestou a avaliação de Hany. “Não concordo, joguei para ajudar meu time, o que eu quero é só ajudar a seleção brasileira a vencer a partida”.

Essa não foi a única crítica que o treinador fez à equipe brasileira. Para ele, os jogadores voltaram para o segundo tempo sem motivação, achando que já tinham ganhado a partida. “Eles acharam que o jogo tinha acabado, enquanto meus jogadores não desistiram até o fim. Eles precisam aprender que o jogo não é só 45 minutos”, disse. “Vi um problema físico nos brasileiros no final, ficaram pesados em campo”.

Mas, sobre a queda na atenção no segundo tempo, até os brasileiros concordaram. “Entramos um pouco dormindo, achando que o jogo já estava ganho”, disse o capitão Thiago Silva. “No segundo tempo nós não conseguimos repetir (o que fizemos no primeiro), também por méritos em parte do nosso adversário, que melhorou, mas na maior parte porque não conseguimos repetir a mesma produção”, afirmou o técnico Mano Menezes.

Leia tudo sobre: londres 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG