Mano deve poupar titulares e dar chance a Ganso contra Nova Zelândia

Treinador irá substituir jogadores cansados e provavelmente Hulk, por cartão amarelo

Pedro Carvalho - enviado a Newcastle | - Atualizada às

Reuters
Treinador e meia santista, ao chegar para o último jogo: classificação permitiu mudanças

Com a seleção classificada antecipadamente para as quartas de final das Olimpíadas, o técnico Mano Menezes deve poupar alguns titulares no jogo contra a nova Zelândia, na quarta-feira. O treinador quer substituir atletas que estejam cansados e provavelmente não usará Hulk, pendurado após o cartão amarelo que levou contra o Egito.

"Ainda não está claro (o time), vou esperar amanhã, quando teremos todas as informações do nosso fisiologista sobre aqueles que estão com desgaste maior", afirmou o treinador, na coletiva de imprensa que deu nesta segunda-feira, já no estádio St. James Park, em Newcastle, onde será a partida.

"Não tenho reclamações específicas (de atletas mais cansados). Temos que tomar cuidado porque a experiência diz que com jovens você precisa, em determinados momentos, segurá-los. Eles sempre pensam que podem estar (no jogo) e precisamos achar um equilíbrio", disse. "Temos um fisiologista pra mensurar tudo isso cientificamente, passar os dados para a comissão e cuidar da reposição".

O treinador indicou, após a vitória contra Belarus , que Ganso deve ser uma das novidades do time que inicia o próximo jogo. "Provavelmente vou utilizar Ganso na terceira (partida), para dar a ele um período maior dentro do campo. Não é um jogador com dinâmica intensa, que você coloca nos quinze minutos finais e tem resultado", afirmou.

Mano também irá evitar ter jogadores suspensos na fase eliminatória. "Também vou levar a questão do cartão amarelo. Temos um jogador que levou amarelo (Hulk). Se terminar somente com um, será zerado (na próxima fase; se levar o segundo, fica fora do jogo seguinte)", disse o treinador. "Talvez possamos não correr esse risco, como temos a classificação já alcançada", afirmou.

O Brasil encara a Nova Zelândia na quarta-feira, às 10h30 (horário de Brasília). Um empate basta para garantir o primeiro lugar no grupo, o que poderia colocar Honduras no caminho da seleção nas quartas-de-final .

Leia tudo sobre: londres 2012seleção

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG