Cielo comemora bronze e repensa se continuará disputando os 100 m livre

Nadador brasileiro ressalta a importância de ter conquistado sua terceira medalha olímpica e irá repensar seu calendário de competições a partir da próxima temporada

Marcelo Laguna - enviado iG a Londres | - Atualizada às

A fisionomia tranquila de Cesar Cielo ao deixar a piscina e caminhar para a área onde se concentravam os jornalistas não era apenas aparente, Mesmo admitindo um pouco de frustração, o nadador brasileiro fez questão de valorizar a medalha de bronze conquistada nesta sexta-feira nos 50 m livre, vendo naufragar o sonho de conquistar o bicampeonato olímpico na prova. E também despertou em Cielo a necessidade de repensar seu próprio calendário de provas para o futuro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O que talvez mais tenha influenciado no resultado da minha prova tenha sido o cansaço. Fui o único que nadou os dois dias dos 100 m livre, desde as elimiantórias, não tive descanso e fui direto para os 50 metros. Estava com a explosão um pouco comprometida. Agora é pensar se vale a penna continuar competindo nos 100 livre, caso a agenda de compeitções continua deste jeito", explicou Cielo, que só quer saber de descansar agora. "Quero pensar no que dá para melhorar na minha performance, mas por enquanto preciso ter um pouquinho de férias, desde o ano passado que estou trabalhando direto", afirmou.

Getty Images
Cesar Cielo não conseguiu repetir o título de Pequim 2008 e ficou com o bronze nos 50 m livre

Veja também:  Estratégia não funciona, e Cielo ganha apenas o bronze nos 50 m livre

O ideal, para o brasileiro, seria que o mpróprio calendário olímpico da natação fosse repensado para o futuro. "Acho que não vão mudar nada, mas eu venho reclamando disso há muito tempo. Os 100 e 50 m livre não deveriam ser tão próximos no programa, assim como muita gente sofre quem nada os 100 e 200 m. No meu caso particularmente, isso influenciou", afirmou Cielo.

Blog do Rogério Romero: Recorde mundial e bronze para Cielo

Para ele, mais do que apontar seus próprios erros, é importante destacar a grande prova feita pelo francês Florent manaudou, que até esta sexta-feira tinha somente o décimo melhor tempo do ano, mas que ao ganhar a medalha de ouro com 21s34, cravou a melhor marca da temporada.

E mais: Phelps vence 100 m borboleta e conquista mais um tricampeonato olímpico

"Ele fez a prova da vida dele, tanto que melhorou inclusive o meu melhor tempo. Lógico que não voiu mentior, gostaria de ter nadado melhor, mas acho que este ouro dele foi conquistado com uma grande prova. Ele mereceu esta medalha de ouro", afirmou o brasileiro.

Leia também: Serginho Groisman comete gafe no Twitter e parabeniza Cielo por 'ouro'

Cielo também deixa Londres sem qualquer sentimento de frustração, mesmo diante do fato de ele ter sido apontado por todos como o grande favorito a conquistar a medalha de ouro em Londres. "Eu fiz o melhor que podia. Se algo tivesse saído muito errado, talvez eu estivesse mais decepcionado, mas não foi o caso. Não estou satisfeito, mas de qualquer maneira é mais uma medlaha olímpica, a terceira que eu ganho em minha carreira.

Leia tudo sobre: londres 2012nataçãobrasilcesar cielo50 m livre

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG