Com dever cumprido, judô brasileiro quer topo do quadro geral no Rio 2016

Seleção conseguiu as quatro medalhas que havia estabelecido como meta e agora quer ser o melhor país do mundo no judô

Rodrigo Farah - enviado iG a Londres | - Atualizada às

A missão em Londres foi cumprida à risca. O judô brasileiro encerrou sua participação nas Olimpíadas com as quatro medalhas projetadas e o tão aguardado ouro. Agora, a comissão técnica da seleção verde-amarela estabeleceu uma meta bem mais ousada para o Rio 2016: o topo da classificação geral da modalidade.

O Brasil vai alcançar a meta em 2016? Deixe o seu comentário

“Nosso planejamento não foi feito com bola de cristal. Estabelecemos a meta depois de analisar todo o ciclo olímpico no cálculo. Foi assim que chegamos às quatro medalhas. Tínhamos muita confiança no grupo, eles estão de parabéns”, avaliou o coordenador técnico da seleção, Ney Wilson.

Veja fotos dos brasileiros no último dia do judô em Londres:


Leia mais: Rafael Silva ganha o bronze no sufoco e judô atinge meta de medalhas

Apesar de ver alguns favoritos à medalha fracassarem, como Leandro Guilheiro e Rafaela Silva, o Brasil pode se orgulhar de sua melhor campanha na história do judô. Além do ouro inédito (no feminino) de Sarah Menezes, a equipe conseguiu o bronze com Felipe Kitadai, Mayra Aguiar e Rafael Silva.

Veja ainda: Favorita, chinesa vence Maria Suelen e fica com o bronze no judô

Com o resultado, o time encerrou a participação na sexta colocação do quadro geral do quadro de medalhas. A Rússia foi a líder, com três ouros, uma prata e um bronze. Mas a expectativa é que o Brasil possa se tornar o novo líder do judô mundial daqui a quatro anos.

Confira ainda: Brasil mantém meta de 4 medalhas no judô mesmo com fracasso de favoritos

“Queremos transformar o Brasil na maior potência de judô do mundo. A meta em Londres era real e provamos isso. Agora o objetivo é chegar em primeiro lugar no quadro de medalhas em 2016”, completou Ney Wilson, animado após a conquista do bronze de Rafael Silva.

Leia tudo sobre: judôbrasillondres 2012sarah menezesney wilson

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG