Britânico nascido na Somália acaba com hegemonia da Etiópia nos 10 mil metros

Mo Farah vence prova que tinha campeões do país africano desde as Olimpíadas de Atlanta 1996

iG São Paulo | - Atualizada às

Ian Walton/Getty Images
Britânico Mo Farah comemora vitória nos 10 mil metros

O britânico Mo Farah levantou o público que lotou o estádio Olímpico, neste sábado, ao conquistar a medalha de ouro nos 10 mil metros. Desde os Jogos de Atlanta 1996, a prova era vencida por um corredor da Etiópia. Farah, filho de pai britânico, nasceu na Somália e se mudou para a Inglaterra aos 8 anos. A vitória na prova veio com o tempo de 27min30s42.

Leia também: Duda termina em sétimo no salto em distância

A medalha de prata ficou com o norte-americano Galen Rupp, com 27min30s90, e o bronze com o etíope Tariku Bekele, com 27min31s43. Tariku é irmão de Kenenisa Bekele, bicampeão olímpico dos 10 mil metros e que neste sábado terminou em quarto lugar.

E mais: Jamaicana fatura o bicampeonato nos 100 m rasos

Festejado pela conquista, Mo Farah, de 29 anos, ganhou um forte abraço da filha e da esposa, grávida, ainda na pista.

Os britânicos tiveram muito o que comemorar no atletismo. Além de Mo Farah, a queridinha Jessica Ennis conquistou o ouro no heptatlo. Em outra final do terceiro dia de disputa do atletismo, a croata Sandra Perkovic conquistou o ouro no lançamento do disco, seguida da russa Darya Pishchalnikova e da chinesa Yanfeng Li.

Veja fotos do segundo dia do atletismo nas Olimpíadas:


Leia tudo sobre: AtletismoGrã-BretanhaMo FarahLondres 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG