Algoz do Brasil ganha bola autografada e ignora imprensa brasileira

Oribe Peralta, um dos “veteranos” da seleção mexicana, marcou duas vezes na final olímpica

Pedro Carvalho e Rodrigo Farah - enviados iG a Londres | - Atualizada às

iG Esportes
Peralta levou a bola da final para casa

Autor dos dois gols da vitória mexicana sobre o Brasil, Oribe Peralta ganhou um prêmio extra, além da medalha de ouro olímpica. O atacante deixou o estádio com uma bola usada no jogo, autografada pelos jogadores mexicanos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O atacante passou quase dez minutos, na saída de Wembley, conversando com a imprensa mexicana, a alguns metros de onde estavam os jornalistas brasileiros, que esperavam para entrevistá-lo. Mas, mesmo chamado insistentemente, o atacante passou reto e sequer dirigiu o olhar à imprensa do país que enfrentou no gramado.

O primeiro gol do jogador aconteceu logo aos 30 segundos de partida, numa falha do lateral Rafael. O brasileiro deixou uma bola curta para Sandro e ela acabou nos pés de Peralta, que finalizou de fora da área. Pouco antes dos 30 minutos do segundo tempo, o mexicano cabeceou para as redes de Gabriel e selou a vitória mexicana.

Leia mais: "Seu Barriga" e "Professora Helena" celebram ouro mexicano no futebol

Peralta foi um dos jogadores acima de 23 anos convocados pelo técnico Luis Fernando Tena. Ele tem 28 anos e defende o Santos Laguna, equipe da cidade de Torreon, no México.

Pelo lado brasileiro, alguns jogadores também preferiram não falar com os jornalistas após a partida. Um deles foi Rafael, que acabou inocentado pelos companheiros. Quem falou, não escondeu a dor da derrota.

Leia tudo sobre: BrasilMéxicofutebollondres 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG