Bolt rebate presidente do COI e pergunta o que falta para ser considerado lenda

Depois de ganhar sua sexta medalha de ouro em Olimpíadas, jamaicano não entende por que dirigente não o coloca como um dos grandes do atletismo

iG São Paulo |

Alexander Hassenstein/Getty Images
Bolt sai de Londres com três medalhas de ouro, nos 100, nos 200 e no 4 x 100 m

Com seis medalhas de ouro em Olimpíadas, a última delas conquistada no sábado, no revezamento 4 x 100 m, o jamaicano Usain Bolt não entende como o presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), Jaques Rogge, ainda não o considera uma lenda do esporte.

Leia também: Brasil quebra tabus e vira o ‘país das lutas’ com sete medalhas em Londres

"O que falta eu fazer para provar que sou uma lenda? Pergunte a ele o que Usain precisa fazer que nenhum humano tenha feito", disse o carismático corredor.

O presidente do COI havia dito, após Bolt tornar-se o primeiro bicampeão olímpico dos 100 e dos 200 m, que ainda era cedo para considerá-lo uma lenda. "Só podemos avaliar a carreira dele quando ele parar de correr", disse Rogge.

Leia tudo sobre: AtletismoJamaicaUsain BoltLondres 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG