Yane conquista última medalha do Brasil e 'apresenta' pentatlo moderno ao país

Com uma trajetória marcada pela regularidade em Londres, brasileira ganha o bronze e fatura medalha inédita para a modalidade

Marcelo Laguna - Enviado iG a Londres | - Atualizada às

Moldada para o esporte nas ruas da pequena Afogados de Ingazeira, no Pernambuco, Yane Marques mostrou aos brasileiros neste domingo que o pentatlo moderno existe e é um esporte olímpico. A atleta de 28 anos apresentou uma regularidade incrível nas cinco modalidades envolvidas no pentatlo, cruzando a linha de chegada na terceira posição. A inédita medalha foi justamente a última do Brasil em Londres e na última competição em disputa.

Veja fotos de Yane Marques em Londres:

Aos 28 anos, Yane conquistou a última medalha do Brasil nas Olimpíadas de Londres. Foto: ReutersYane não escondeu a emoção depois de receber a medalha de bronze . Foto: Getty ImagesBem cansada, Yane Marques encontrou fôlego para comemorar o histórico bronze para o pentatlo moderno. Foto: ReutersYane Marques foi a nona colocada no hipismo e garantiu um bom resultado para a prova final. Foto: APYane Marques agradece sua montaria depois de fazer um percurso sem muitos erros no hipismo. Foto: APTerceira colocada no ranking mundial, Yane Marques está confirmando a condição de postulante à medalha. Foto: APYane Marques venceu 21 jogos na esgrima. Foto: APYane começou bem a participação em Londres com a sexta colocação na esgrima. Foto: ReutersYane Marques se concentra antes de começar a disputar os jogos de esgrima. Foto: Reuters


Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A façanha de Yane vem justamente numa edição histórica da modalidade, que completa cem anos no programa olímpico em Londres. Indiretamente, a medalha da pernambucana pode até ajudar a garantir a presença da modalidade nos Jogos de 2020, já que o COI (Comitê Olímpico Internacional) cogita excluir o esporte do cronograma pela falta de mais praticantes e o formato da disputa. A decisão deve sair no ano que vem.

Leia mais: Yane derruba dois obstáculos no hipismo, mas vai para prova final na 1ª posição

Regular na esgrima, natação e hipismo, sempre entre as 10 primeiras, a brasileira iniciou o evento combinado de corrida e tiro na primeira colocação ao lado da lituana Laura Asadauskaite. Dos 3 mil metros, Yane completou os primeiros mil na primeira posição, mas depois foi ultrapassada pela lituana Laura Asadauskaite - que ficou com o ouro - e em seguida pela britânica Samantha Murray - prata.

Veja ainda: “O pentatlo vai acabar se sair das Olimpíadas”, diz dirigente

O bronze só não foi embora também porque a pernambucana mostrou precisão no tiro, errando poucas tentativas. Ao fim da prova, ela chorou muito para comemorar o resultado, inclusive no pódio.

Confira ainda: Yane mantém regularidade, vai bem na natação e assume o 2º lugar no pentatlo

Símbolo destacado de um esporte praticado por apenas 230 pessoas no país, Yane foi moldada para o pentatlo moderno em Afogados de Ingazeira. Lá, ela fazia diversas atividades na rua e, em entrevista ao iG em junho, ela afirmou que essas "brincadeiras" ajudaram na sua formação, contribuindo para a coordenação motora.

Leia tudo sobre: Yane Marquespentatlo modernobrasillondres 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG